Kendrick Lamar: “untitled unmastered.”

.

To Pimp a Butterfly (2015) sequer completou um ano de lançamento e Kendrick Lamar já está de volta com um novo registro autoral. Sucessor do trabalho apresentado há poucos meses – #1 na nossa lista dos 50 melhores discos internacionais de 2015 -, untitled unmastered. (2016) entrega ao público um acervo curto com oito composições que acabaram de fora das gravações do último álbum do rapper, além, claro de uma canção com mais de oito minutos que foi finalizada há poucas semanas – vide a sequência de datas que garante nome a cada uma das faixas.

Ambientado no mesmo universo do registro lançado em 2015, untitled unmastered. mostra o lado mais “experimental” do rapper. Entre arranjos jazzísticos e solos de saxofone assinados pelo parceiro Kamasi Washington – autor do excelente The Epic (2015) -, Lamar continua a discutir racismo e criminalidade, atacando diferentes aspectos da cultura norte-americana – vide untitled 03 | 05.28.2013. O trabalho pode ser apreciado na íntegra logo abaixo:

.

Kendrick Lamar – untitled unmastered.