Let’s Eat Grandma: “Overflow” / “Glittering” / “Salt Lakes”


Com o lançamento de I’m All Ears — 34º colocado em nossa lista com Os 50 Melhores Discos Internacionais de 2018 —, Jenny Hollingworth e Rosa Walton não apenas conquistaram uma parcela maior do público, como fizeram do primeiro álbum de estúdio do Let’s Eat Grandman um dos registros mais inventivos do dream pop/synthpop em sua fase mais recente. Uma criativa colagem de referências que se completa pela colaboração de SOPHIE e Faris Badwan (The Horrors), além, claro, do produtor David Wrench, artista que já havia trabalhado com nomes como Bat For Lashes.

Poucos meses após o lançamento do trabalho, Hollingworth e Walton estão de volta com não apenas uma, mas três composições inéditas. Em Overflow, Glittering e Salt Lakes, a dupla britânica segue exatamente de onde parou no último ano, brincando com a composição de melodias atmosféricas, ruídos e texturas eletrônicas marcadas pelos detalhes. As três composições fazem do projeto Dark Continents: Semiramis, uma instalação artista produzida pela londrina Tai Shani. Além de I’m All Ears, o duo inglês conta com outro trabalho de essência atmosférica, I, Gemini , lançado em 2016.


Let’s Eat Grandma – Overflow / Glittering / Salt Lakes