L’Homme Statue: “Egoísta”

L’Homme Statue

Um dos integrantes do coletivo paulistano Teto Preto, Loïc Koutana pegou muita gente de surpresa quando, há poucas semanas, deu vida à delicada Braços/Vela. Inspirada pelas memórias e cinzas do antigo apartamento do próprio artista, destruído após um incêndio, a canção marca o início de uma nova fase na carreia do afro-francês como L’Homme Statue. São fragmentos eletrônicos que dialogam com o R&B de forma sempre particular, direcionamento que ganha ainda mais destaque com a entrega da também inédita Egoísta, mais recente criação do cantor.

Com produção assinada por Pedro Zopelar, a faixa vai do experimentalismo eletrônico ao jazz, do R&B ao funk em uma linguagem futurística, própria de L’Homme Statue. Frações poéticas e instrumentais que se articulam de maneira incerta, jogando de maneira abstrata com a interpretação do público. Maior a cada nova audição, Egoísta faz parte da nova coletânea que tem sido produzida pela plataforma mexicana Onda Mundial. Um compilado de faixas autorais que sintetiza a atual fase da produção brasileira. O trabalho será apresentado na íntegra em 24 de janeiro.



L’Homme Statue – Egoísta