Lindstrøm: “Shinin” (feat. Grace Hall)

 

Em 2012, o norueguês Hans-Peter Lindstrøm decidiu presentear o público com não apenas um, mas dois registros de inéditas. De um lado, as explosões sintéticas de Six Cups Of Rebel, no outro oposto, o minimalismo de Smalhans. De lá para cá, nada de um novo álbum de inéditas. Apenas colaborações com nomes como Todd Terje, e remixes produzidos para artistas como Charli XCX, Grizzly Bear e Unknown Mortal Orchestra. Pelo menos até agora.

Intitulado It’s Alright Between Us As It Is (2017), o novo álbum do produtor norueguês conta com nove composições, entre elas, três assinadas em parceria com diferentes artistas. É o caso da conterrânea Jenny Hval em Bungle (Like a Ghost), Frida Sundemo em But Isn’it e Shinin, parceria com Grace Hall e faixa escolhida para apresentar o novo disco. Pouco mais de sete minutos em que Lindstrøm flutua com naturalidade entre a música pop e a Space Disco.


It’s Alright Between Us As It Is

01 It’s Alright Between Us As It Is
02 Spire
03 Tensions
04 But Isn’t It [ft. Frida Sundemo]
05 Versatile Dreams (Interlude)
06 Shinin [ft. Grace Hall]
07 Drift
08 Bungl (Like a Ghost) [ft. Jenny Hval]
09 Under Trees

It’s Alright Between Us As It Is (2017) será lançado no dia 20/10 via Smalltown Supersound.

 

Lindstrøm – Shinin (feat. Grace Hall)