Lorde: “Liability”

 

Com o lançamento de Green Light e a busca declarada por um som cada vez mais pop, Lorde acabou dividindo o próprio público. De um lado, quem se encantou pelo frescor, batidas e pianos dançantes testados no primeiro single de Melodrama (2017), no outro oposto, ouvintes que sentiram falta do som hermético testado em Pure Heroine (2013). Mais recente criação da cantora neo-zelandesa Liability parece flutuar entre esses dois universos.

Ao mesmo tempo em que preserva o minimalismo explorado no primeiro álbum de estúdio, efeito da relação de proximidade entre voz e piano, não há como negar a plasticidade pop que delicadamente envolve a faixa. Um jogo de sutilezas que encanta e cresce principalmente na forma como Lorde desenvolve a letra da composição, um retrato da manipulação, dor, mentiras e conflitos diários causados e cobrados pela fama.

Melodrama (2017) será lançado no dia 16/06 via Universal.

 

Lorde – Liability

Jornalista, criador do Miojo Indie e integrante do podcast Vamos Falar Sobre Música. Já passou por diferentes publicações de Editora Abril, foi editor de Cultura e Entretenimento no Huffington Post Brasil, colaborou com a Folha de S. Paulo e trabalhou com Brand Experience e Creative Copywriter em marcas como Itaú e QuintoAndar. Pai do Pudim, “ataca de DJ” nas horas vagas e adora ganhar discos de vinil de presente.