Luísa e os Alquimistas: “Furtacor”


Jaguatirica Print (2019), esse foi o título escolhido para o terceiro álbum de estúdio de Luísa e os Alquimistas. Sequência aos ótimos Cobra Coral (2016) e Vekanandra (2017), o trabalho de essência nostálgica deve se aprofundar no pop brega dos anos 1970 e 1980, conceito que vem sendo aprimorado pela cantora e compositora potiguar Luísa Nascim desde o início da carreira. Um misto de passado e presente, melancolia e doce romantismo, estrutura que ganha ainda mais destaque na primeira música do álbum que conta com o suporte do edital Natura Musical, a recém-lançada Furtacor.

Não sei mais / Quando você se foi / Até mais / Eu lhe falei / Estou em paz / Levo a vida sem te ver / Mas isso não quer dizer / Que não te amo mais“, canta em um exercício de profunda vulnerabilidade e entrega sentimental, proposta que naturalmente aponta para o trabalho de veteranos como Cidadão Instigado. São pouco menos de quatro minutos em que a artista norte-riograndense transforma as próprias desilusões em música, abrindo passagem para a breve interferência de Gabriel Souto (bases eletrônicas, MPC), Zé Caxangá (guitarra e sintetizadores) e Pedras (baixo e sampler).

Jaguatirica Print (2019) será lançado via Rizomarte Records.



Luísa e os Alquimistas – Furtacor


One thought on “Luísa e os Alquimistas: “Furtacor”

Comments are closed.