Luiza Lian: “Mil Mulheres” (VÍDEO)


A inevitável fluidez da passagem do tempo, religiosidade, versos consumidos pela saudade e a imensidão da alma feminina. Em Azul Moderno (2018, Risco), terceiro e mais recente álbum de estúdio de Luiza Lian, cada fragmento do registro oculta e, ao mesmo tempo, revela um sem-número de experiências particulares, memórias e conflitos intimistas da cantora e compositora paulistana. Composições de essência contemplativa, sempre tocantes, como sussurros poéticos que se moldam de forma a dialogar com as vivências de qualquer indivíduo.

Último capítulo da sequência de obras que vem sendo produzidas desde o autointitulado debute de 2015, o sucessor do elogiado Oyá Tempo (2017) preserva a essência eletrônica do registro entregue há poucos meses, porém, dentro de um novo revestimento estético. Frações poéticas e instrumentais que se espalham em meio a ambientações sintéticas, ruídos, samples e batidas quebradas. Um som colorido, sempre detalhista, pano de fundo para a poesia meticulosa que orienta a experiência do ouvinte até a homônima faixa de encerramento do disco. Leia o texto completo.

Produzido em parceria com Filmes da Diaba, Mil Mulheres é o mais novo clipe da cantora e compositora paulistana Luiza Lian. Parte do sensível Azul Moderno – 1º colocado em nossa lista com Os 50 Melhores Discos Brasileiros de 2018 –, o trabalho utiliza da poesia do sexo e delicadeza das imagens como um complemento aos versos que discutem ancestralidade feminina e a efemeridade dos relacionamentos.


Luiza Lian – Mil Mulheres


Leave a Reply