Lux Ferreira: “Amarelo” / “Verde”

 

No início deste ano, o cantor, compositor e produtor Lux Ferreira deu início a um novo e inusitado projeto. Mais conhecido pelo trabalho em parceria com a carioca Mahmundi, o músico decidiu investir em um experimento intitulado Prisma de Mim Mesmo (2018). Trata-se de uma coletânea autoral com sete composições em que o artista busca inspiração nos diferentes espectros de um prisma. A cada mês, uma nova criação inédita.

Depois de brincar com diferentes ritmos em Vermelho e Laranja, as duas primeiras composições apresentadas ao público, Ferreira está de volta com mais duas canções inéditas. De um lado, o parcial experimentalismo de Amarelo, música em que transporta uma cuíca e a voz sampleada em um importante componente criativo. No outro, a leveza de Verde, música em que brinca com as melodias e versos ao lado de Mari Milani.

 

Lux Ferreira – Amarelo

Lux Ferreira – Verde