Lykke Li: “Bron”


Pelo visto, o inusitado flerte com o trap e a busca por uma sonoridade cada vez mais acessível ficou para trás. Dois anos após o lançamento de sua obra mais controversa, So Sad So Sexy (2018), Lykke Li está de volta com a inédita Bron. Cantada em idioma sueco, a canção segue uma trilha completamente distinta em relação ao material entregue em músicas como Deep End e Hard Rain. “Porque estou arrasada / Mas não vou derramar minhas lágrimas / Porque eu não posso perdoar“, confessa em meio a camadas de sintetizadores, ruídos e batidas que avançam lentamente, sem pressa.

Deliciosamente melancólico, a canção assinada em parceria com o produtor e conterrâneo sueco Ludwig Göransson (Childish Gambino, Haim), traz de volta a essência dos antigos trabalhos da cantora, como Youth Novels (2008), Wounded Rhymes (2011) e I Never Learn – 24º colocado em nossa lista com Os 50 Melhores Discos Internacionais de 2014. Nos últimos meses, Lykke Li esteve envolvida em uma série de colaborações e encontros com diferentes artistas, como na faixa-título de Late Night Feelings (2019), último álbum de estúdio do produtor Mark Ronson (Amy Winehouse, Lady Gaga).



Lykke Li – Bron