Mari Blue: “Mel e Picada”


Dois anos se passaram desde que Mari Blue, cantora mineira radicada no Rio de Janeiro, deu vida ao primeiro álbum de estúdio da carreira, Fruto da Flor (2016). De lá para cá, salve apresentações esporádicas para divulgar o trabalho que transita por entre gêneros, pouco foi entregue pela artista. Pelo menos até agora. De volta aos estúdios, a musicista revela ao público a inédita Mel e Picada, uma parcial fuga de tudo aquilo que havia testado no disco anterior.

Concebida sem pressa, em um intervalo de quase dois anos, a faixa composta por João Bernardo e Beto Callado parece flutuar em meio a batidas e ambientações misteriosas, quase etéreas. São colagens atmosféricas que acabam se refletindo na forma como Blue administra o uso da própria voz, costurando versos tortos de maneira quase enigmática, como um complemento direto à base que conta com todos os instrumentos assumidos pela artista.



Mari Blue – Mel e Picada