Matt Berninger: “Distant Axis”


Perto e ao mesmo tempo distante da identidade sonora do The National, Matt Berninger vem testando os próprios limites criativos para a produção do primeiro álbum em carreira solo, Serpentine Prison (2020). Co-produzido em parceria com o multi-instrumentista Booker T. Jones (Otis Redding, Neil Young), o álbum deve potencializar a essência melancólica do músico estadunidense, conceito reforçado durante o lançamento da faixa-título do disco, lançada há poucas semanas, mas que ganha ainda mais destaque com a entrega da sentimental Distant Axis, novo single do aguardado registro.

Inaugurada em meio a arranjos acústicos, sempre econômicos, estrutura também reforçada no single anterior, Distant Axis ganha maior notoriedade à medida em que Berninger e seus parceiros de banda detalham incontáveis camadas instrumentais, como um complemento aos versos lançados pelo artista. São pianos cada vez mais destacados, guitarras que parecem saídas de uma música triste de Bruce Springsteen e instantes doce melancolia, como uma extensão de tudo aquilo que o artista apresentou em obras fundamentais como Trouble Will Find Me (2013) e Boxer (2007). 

Serpentine Prison (2020) será lançado em 2/10 via Book Records.




Matt Berninger – Distant Axis