Maxo: “Not That Bad” (feat. GFOTY)

.

Maxo é um produtor norte-americano que atua na região do Brooklyn, em Nova York, logo, está longe de ser encarado como um novo “personagem” do coletivo britânico PC Music. Todavia, bastam alguns minutos passeando pelo soundlcoud do artista para perceber o completo interesse e a estranha relação com o time de produtores que movimentam a cena britânica. Mesmo entre faixas grudentas (e estranhas) como Honeybell e Snow Other nas mãos, é com a recém-lançada Not That Bad que Maxo estreita de vez essa relação.

Em uma atmosfera pueril, evidente apego pop e todo um universo de referências pegajosas desconstruídas, a canção ainda encanta pelos vocais “da convidada” GFOTY. Responsável pela curtinha Don’t Wanna / Let’s Do It, além de outras composições espalhadas pelo Soundcloud da PC Music, a “produtora” transporta um pouco de excentricidade para o trabalho de Maxo, autor de uma faixa instável até o último segundo.

.

Maxo – Not That Bad (feat. GFOTY)

Jornalista, criador do Miojo Indie e integrante do podcast Vamos Falar Sobre Música. Já passou por diferentes publicações de Editora Abril, foi editor de Cultura e Entretenimento no Huffington Post Brasil, colaborou com a Folha de S. Paulo e trabalhou com Brand Experience e Creative Copywriter em marcas como Itaú e QuintoAndar. Pai do Pudim, “ataca de DJ” nas horas vagas e adora ganhar discos de vinil de presente.