Moses Sumney: “Virile” (VÍDEO)


Moses Sumney decidiu não economizar esforços para a produção do segundo e aguardado álbum de estúdio da carreira. Dois anos após a entrega do delicado Aromanticism – 18º colocado na nossa lista dos 50 Melhores Discos Internacionais de 2017 –, uma das obras mais importantes do soul norte-americano na última década, o cantor e compositor estadunidense anuncia para fevereiro do próximo ano primeira parte do duplo Grae (2019). São 20 composições que serão apresentadas na íntegra apenas no mês de maio, durante o lançamento da versão física do trabalho.

Como preparativo para a chegada do novo registro, o compositor revelou ao público a inédita Virile. Intensa e crescente, como uma propositada fuga do material entregue durante o lançamento de Aromanticism, a faixa segue a trilha percorrida pelo próprio músico durante a produção de Black In Deep Red, 2014 (2018), EP que reflete a completa versatilidade do artista dentro de estúdio. Maior a cada nova audição, a canção ainda chega acompanhada de um excelente clipe em que Sumney utiliza do próprio corpo como um importante componente estético para a formação das imagens.


Grae

01 Insula
02 Cut Me
03 In Bloom
04 Virile
05 Conveyor
06 boxes
07 Gagarin
08 jill/jack
09 Colouour
10 also also also and and and
11 Neither/Nor
12 Polly

II

13 Two Dogs
14 Bystanders
15 Me In 20 Years
16 Keeps Me Alive
17 Lucky Me
18 and so I come to isolation
19 Bless Me
20 before you go

Grae (2020) será lançado em 15/5 via Jagjaguwar.



Moses Sumney – Virile