Neon Indian: “Annie” (VÍDEO)

O globo espelhado gira lentamente. Nas paredes, tiras de neon se espalham por todos as partes como setas, guiando o espectador por um caminho marcado pelo uso excessivo de drogas, passos descompassados de dança, vestidos de lantejoulas e declarações de amor que seguem até o letreiro colorido que ilumina a pista: VEGA INTL. Night School.

Quatro anos após o último álbum, Era Extraña (2011), o músico norte-americano Alan Palomo ultrapassa os limites de uma simples obra de estúdio, transformando o terceiro registro de inéditas do Neon Indian em uma verdadeira de discoteca conceitual. Em um exercício nostálgico que se estende desde a estreia com Psychic Chasms, de 2009, cada faixa do trabalho, mais do que um produto referencial, abraça os costumes, exageros e elementos típicos dos clubes de dança que explodiram entre o final dos anos 1980 e início da década de 1990. Kitsch, retrô, vintage ou mera cópia, não importa, do momento em que o som empoeirado de Hit Parade tem início, todo o colorido universo que marca a boa fase da New Wave/Italodisco é minuciosamente resgatado pelo produtor. Leia o texto completo.

Alan Palomo não vem economizando esforços para o novo álbum do Neon Indian, VEGA INTL. Night School (2015). Depois dos ótimos clipes de SlumlordTechno Clique, o produtor está de volta com o vídeo de Annie, uma divertida colagem de referências que mergulha de cabeça na estética dos anos 1980. A direção do trabalho é de Dustin Reid.

Neon Indian – Annie