NOIA: “Crisàlida”


Três anos após o lançamento do último álbum de estúdio da carreira, NOIA está de volta com um novo trabalho de inéditas. Intitulado Crisàlida (2016), o registro de quatro faixas mostra a capacidade da cantora e compositora nova-iorquina em se reinventar dentro de estúdio, colidindo ideias e referências que apontam para diferentes campos da música, como um criativo diálogo de Gisela Fulla-Silvestre, grande responsável pelo projeto, em utilizar de elementos que vão do pop latino ao R&B, base para grande parte do presente registro.

Menos urgente em relação ao material entregue há três anos, Crisàlida se revela ao público em uma medida própria de tempo. São pouco mais de 15 minutos em que a produtora brinca com a composição de fórmulas atmosféricas, ruídos eletrônicos e estranhas tentativas de dialogar com a música pop, estrutura que naturalmente aponta para o trabalho de nomes como FKA Twigs e Rosalía. Entre as composições que recheiam o disco, faixas como a já conhecida Ciudad Del Humo e a delicada Ausencias, música escolhida para apresentar o registro.


NOIA – Crisàlida