""

Ano:
Selo:
Gênero:
Para quem gosta de:
Ouça:
Nota:

Onagra Claudique: “Arrebol”

Onagra Claudique

.

De todas as surpresas que marcaram a música nacional no último ano, a mais delicada atende pelo título curioso de Onagra Claudique. Projeto assinado pela dupla Roger Valença e Diego Scalada, a banda paulistana veio com a naturalidade de quem se espreguiça pela manhã, revelando nas três rápidas faixas que compõem o EP A Hora e a Vez de Onagra Claudique um dos exemplares mais atrativos e bucólicos do Folk tupiniquim recente. Longe das redundâncias dylanianas que tanto atrasam o gênero e atentos ao que ecoa na música atual, o duo prossegue quase exatamente de onde parou, transformando a amargura cotidiana de Arrebol em uma mostra delicada do que passeia pela obra dos dois compositores.

Com produção mais uma vez assinada por Fabio Pinczowski e Mauro Motoki (ambos da Ludov), a canção se desmancha no que parece ser uma solitária descrição de quem passeia por São Paulo em um fim de tarde. Menos íntima de Bon Iver e revelando marcas expressivas do trabalho de Belle and Sebastian (na fase If You’re Feeling Sinister, 1996), a canção traz no uso nada comportado das guitarras e na presença de sintetizadores um ponto de clara transformação.

.

Onagra Claudique – Arrebol

Veja também:


Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Send this to friend