Os 50 Melhores Discos Internacionais de 2013

Zemanta Related Posts Thumbnail

.

Obras que estarão entre os melhores da década, o retorno de veteranos ao cenário musical (David Bowie, My Bloody Valentine, Daft Punk) e um catálogo de jovens artistas que vão ocupar um espaço cada vez maior pelos próximos anos. Musicalmente, poucos anos foram tão concorridos quanto 2013. Da expansão (e plena aceitação) do Hip-Hop pelo público “alternativo”, ao bem explorado catálogo de artistas do mundo pop (Charli XCX, Icona Pop, Haim e Sky Ferreira), se o ano pudesse ser definido em uma só palavra, com certeza ela seria diversidade. A relação entre o experimental e o comercial nunca foi trabalhada de forma tão íntima, o que fez com que nomes antes distantes, como The Knife e Justin Timberlake, ou Oneohtrix Point Never e CHVRCHES pudessem ser observados de forma aproximada. Mesmo o revival 90’s, antes restrito aos clássicos do Shoegaze/Rock Alternativo, agora abraça o R&B e a Eletrônica, transportando para outros gêneros uma série de referências cada vez menos particulares. Dentro desse cenário diverso, selecionamos Os 50 Melhores Discos de 2013, trabalhos que passeiam por diferentes aspectos da cena estrangeira e fazem um curioso recorte do que foi a produção musical formatada ao longo do ano.

.

[50-41] [40-31] [30-21] [20-11] [10-01]

Os 50 Melhores Discos Nacionais de 2013

As Piores Capas | As Melhores Capas | Lista dos Leitores

Miojo Is On Fire | Os Melhores Clipes | Apostas 2014

.

Veja também:


One thought on “Os 50 Melhores Discos Internacionais de 2013

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Send this to friend