Ouça | Andy Stott: “It Should Be Us”


Cada novo registro de inéditas entregue pelo britânico Andy Stott parece transportar o ouvinte para um novo e sempre inusitado território criativo. Se em início de carreira o produtor de Manchester parecia utilizar de elementos do techno-dub, vide o material apresentado em Passed Me By e We Stay Together, com a chegada de Luxury Problems – 11º colocado em nossa lista com Os 50 Melhores Discos Internacionais de 2012 –, a proposta passou a ser outra. E isso se reflete na versatilidade de obras como Faith in Strangers (2014) e, principalmente, no acessível Too Many Voices (2016).

Três anos após o lançamento do último trabalho de estúdio da carreira, Stott está de volta com um novo registro de inéditas. Intitulado It Should Be Us (2019), o EP de nove faixas parte de onde o artista parou durante a produção de Too Many Voices, fazendo do diálogo com as pistas um estímulo para a composição das batidas e temas eletrônicos. Claro que isso não interfere na formação de faixas puramente experimentais, caso da faixa-título do álbum e Not This Time, música que regressa ao mesmo universo conceitual detalhado pelo artista inglesa nos primeiros projetos.


Andy Stott – It Should Be Us


One thought on “Ouça | Andy Stott: “It Should Be Us”

Comments are closed.