Ouça | Jadsa: “Taxidermia Vol. 1”

foto: Isabela Yu

Em um ano de grandes lançamentos para a cena brasileira, vide a estreia de Jup do Bairro e os últimos trabalhos de Rico Dalasam e Mahmundi, a cantora e compositora baiana Jadsa Castro, ou simplesmente Jadsa, surge para ocupar seu espaço. Cinco anos após a apresentação do primeiro EP de inéditas da carreira, Godê (2015), a artista radicada em São Paulo entrega ao público mais um novo registro de estúdio: Taxidermia Vol. 1 (2020). São quatro criações autorais – Sou Gente, Secante Caju, Xirê e Quietacalada –, em que a musicista parece testar os próprios limites dentro de estúdio.

Co-produzido em parceria com João Milet Meirelles, o trabalho que conta com lançamento pelo selo Balaclava Records estabelece no uso da voz e pequenas ambientações eletrônicas a base para cada uma das criações apresentadas pela artista. Um som labiríntico, estrutura que faz lembrar dos últimos registros produzidos por conterrâneos como Giovani Cidreira e Josyara. Canções que vão do trip-hop à MPB em uma linguagem própria de Jadsa. Para a realização do EP, a cantora contou coma colaboração de Jéssica Caitano, em Secante Caju, e Abdala, na hipnótica Xirê. Ouça:



Jadsa – Taxidermia Vol. 1