Ouça | Kehlani: “It Was Good Until It Wasn’t”


It Was Good Until It Wasn’t (2020), esse é o novo álbum de Kehlani. Sequência ao ótimo SweetSexySavage (2017), o segundo álbum de estúdio da cantora e compositora norte-americana segue uma trilha menos voltada ao pop, porém, ainda mais interessante. São canções que vão do R&B ao trap em uma estrutura deliciosamente melancólica e confessional, estrutura que se reflete na formação dos versos, fortemente influenciados pelo recente término de relacionamento da artista com o rapper YG, além, claro, do nascimento da primeira filha, marca do antecessor While We Wait (2019).

Para a realização do trabalho, Kehlani contou com a interferência de um time seleto de colaboradores. São nomes como James Blake, com quem divide Grieving, Jhené Aiko, na ótima Change Your Life, Masego, em Hate the Club, e Tory Lanez, logo na abertura do disco, em Can I. O álbum conta ainda com uma série de músicas previamente apresentadas pela cantora, caso de Everybody BusinessToxic e a ainda recente F&MU, entregue há poucos dias. A produção do disco ficou por conta de nomes como Boi-1da, Pop & Oak, The Rascals e outros representantes de peso da indústria.



Kehlani – It Was Good Until It Wasn’t