Ouça | Luiza Brina: “Deriva”


Em tempos de isolamento social, incerteza e o distanciamento entre os indivíduos, Luiza Brina estabelece pequenas conexões no aconchegante Deriva (2020). Cercada de colaboradores, a cantora, compositora e multi-instrumentista mineira faz do registro de cinco faixas uma delicada reflexão sobre o atual cenário de pandemia e caos político. Frações poéticas e instrumentais que se completam pela presença de nomes importantes da nossa música, como Teago Oliveira (Quanto Isso Passar), Arthur Nogueira (Súbita Canção), Chico Bernardes (Garrafa ao Mar) e Julia Branco (Butterfly).

Entre as canções que recheiam o EP, preciosidades como a já conhecida Oração 12, bem-sucedido encontro com a cantora e compositora baiana Josyara. Com produção assinada pela própria musicista, direção artística de Julianna Sá e narrativa visual de Sara Lana, Deriva é o primeiro grande lançamento da artista mineira desde o material entregue em Tenho Saudade Mas Já Passou (2019). Também repleto de participações especiais, como Marcelo Jeneci e Tuyo, o álbum dirigido por César Lacerda trouxe músicas como Acorda Para Ver o Sol, Como será que a música começa? e De Cara.



Luiza Brina – Deriva