Ouça | Pélico: “Quem Me Viu, Quem Me Vê”


Quatro anos após o lançamento de Euforia – 24º colocado em nossa lista com Os 50 Melhores Discos Brasileiros de 2015 –, Pélico está de volta com um novo registro de inéditas. Em Quem Me Viu, Quem Me Vê (2019), o cantor e compositor paulistano segue de onde parou no disco anterior, mergulhando na composição de faixas essencialmente sensíveis, sempre embriagadas pela inserção de versos românticos, instantes de profunda entrega sentimental e libertação, como uma extensão do material entregue em Que isso fique entre nós (2011), uma das principais obras do artista.

Com produção assinada por Dudinha e Régis Damasceno (guitarras e baixo), o trabalho ainda se abre para a chegada de nomes como André Lima (piano elétrico e sintetizadores) e Clayton Martin (bateria). São pouco mais de 30 minutos em que o cantor e compositor utiliza de experiências particulares como um estímulo natural para a formação dos versos, dialogando com a obra de veteranos da música romântica, como Belchior e Roberto Carlos. Entre os convidados do disco, nomes como Teago Oliveira (Maglore) e Negro Leo, esse último, parceiro na já conhecida Descaradamente.



Pélico – Quem Me Viu, Quem Me Vê


One thought on “Ouça | Pélico: “Quem Me Viu, Quem Me Vê”

Leave a Reply