Ouça | Rhye: “Home”


Vozes andróginas, batidas deliciosamente dançantes e momentos de forte entrega sentimental. Em Home (2021), Mike Milosh traz de volta a essência do introdutório Woman – 30º colocado em nossa lista com Os 50 Melhores Discos Internacionais de 2013 –, porém, investe em uma sonoridade ainda mais acessível, tratamento que se reflete não apenas no flerte com a música disco, como nos versos que alteram entre romances e desilusões amorosas. Instantes em que o músico canadense vai dos clássicos de Sade ao som produzido por Jessie Ware em What’s Your Pleasure? (2020).

Sequência ao material entregue no contido Blood (2018), Home teve algumas de suas principais composições apresentadas ao público nas últimas semanas. É o casa da ainda recente Come In Closer, lançada no início de janeiro, e a atmosférica Beautiful, música entregue em maio do último ano e um claro preparativo para o material produzido para o presente disco. Nada que se compare ao refinamento de Black Rain, canção que evoca nomes como Bee Gees e Matthew Herbert, porém, preservando o minimalismo que tradicionalmente embala as criações do Rhye. Ouça:



Rhye – Home

Jornalista, criador do Miojo Indie e integrante do podcast Vamos Falar Sobre Música. Já passou por diferentes publicações de Editora Abril, foi editor de Cultura e Entretenimento no Huffington Post Brasil, colaborou com a Folha de S. Paulo e trabalhou com Brand Experience e Creative Copywriter em marcas como Itaú e QuintoAndar. Pai do Pudim, “ataca de DJ” nas horas vagas e adora ganhar discos de vinil de presente.