Ouça | Tame Impala: “The Slow Rush In An Imaginary Place”


Para lidar com o isolamento causado pela pandemia do coronavírus, diversos artistas têm produzido conteúdos que mantenham as pessoas entretidas dentro de suas casas. É o caso de Kevin Parker, do Tame Impala. Poucos meses após o lançamento do quarto álbum de estúdio da banda, The Slow Rush (2020), o músico australiano decidiu revisitar a obra de um jeito inusitado. Trata-se do imersivo The Slow Rush In An Imaginary Place (2020), obra que mostra como seria ouvir ao vivo o último registro de inéditas da banda, porém, dentro de um banheiro ou de uma sala qualquer.

É como ouvir The Slow Rush, porém, chorando no banheiro de uma festa“, escreveu um usuário do YouTube. Feito para ser apreciado na imersão dos fones de ouvido, o trabalho que tem cada uma das faixas apresentadas na íntegra, como Lost In Yesterday e On Track, ainda chega acompanhado de vozes ocasionais, ruídos e conversas paralelas, reforçando a imagem desse “lugar imaginário”, criado pelo músico australiano. Completo por músicas como It Might Be Time, Posthumous Forgiveness e Borderline, The Slow Rush é o primeiro grande lançamento do Tame Impala desde Currents (2015).



Tame Impala – The Slow Rush In An Imaginary Place