Oyinda: “Flatline”

.

Depois de um bem-sucedido EP de quatro faixas apresentado em 2014 – Before The Fall –, além de um punhado de canções avulsas apresentadas nos últimos meses, a cantora e compositora Oyinda está de volta com um novo material. Em Restless Minds (2016), novo trabalho da artista de origem nigeriana, porém, residente em Londres, um acervo curto com cinco canções que sintetizam toda a melancolia que acompanha a jovem artista.

Depois de Never Enough, música entregue há poucos meses, um som ainda mais denso e sufocante invade a recém-lançada Flatline. Em um claro distanciamento do som comercial da primeira faixa do trabalho, a nova canção mergulha em uma solução de batidas e vozes claustrofóbicas, lembrando uma versão “limpa” do som produzido por FKA Twigs. Versos que detalham o sofrimento da cantora e, lentamente, se cobrem com a delicada veste musicalmente produzida para a canção.

Restless Minds (2016) será lançado dia 10/06 pelo selo Blood & Honey.

.

Oyinda – Flatline

Jornalista, criador do Miojo Indie e integrante do podcast Vamos Falar Sobre Música. Já passou por diferentes publicações de Editora Abril, foi editor de Cultura e Entretenimento no Huffington Post Brasil, colaborou com a Folha de S. Paulo e trabalhou com Brand Experience e Creative Copywriter em marcas como Itaú e QuintoAndar. Pai do Pudim, “ataca de DJ” nas horas vagas e adora ganhar discos de vinil de presente.