Paradas: “Não Será Amanha” / “Artimanhas”

 

Antes de flertar com os ritmos africanos e se entregar à quentura da música brasileira, estímulo para a produção de obras como Sunga (2010) e Ilhabela (2012), os paulistanos do Holger pareciam explorar uma sonoridade bem diferente. Prova disso está em Green Valley EP (2018), uma clara tentativa do grupo em dialogar com a música norte-americana, esbarrando no mesmo universo musical de coletivos como Broken Social Scene.

Curioso perceber em Não Será Amanha e Artimanhas, dois primeiros singles do novo projeto de Marcelo Vogelaar “Tcheba”, o Paradas, uma espécie de regresso a esse mesmo território criativo. Completo pela presença dos músicos Rubens Adati (Meu Nome Não É Portugas) e Sérgio Ugeda, o projeto que conta com distribuição do selo Cavaca Records se entrega ao colorido jogo de guitarras e vozes em coro, como uma celebração transformada em música.

 


Paradas – Não Será Amanha / Artimanhas


Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Send this to friend