""

Ano:
Selo:
Gênero:
Para quem gosta de:
Ouça:
Nota:

Perfume Genius & Thiago Pethit no Cine Joia

Por: Cleber Facchi

Perfume Genius

Sensibilidade e drama se misturaram com acerto na passagem de Thiago Pethit e do norte-americano Perfume Genius pelo Cine Joia. Braço paulistano do festival recifense Coquetel Molotov, a apresentação no último domingo (20) trouxe no efeito teatral do primeiro e nas confissões do segundo uma tapeçaria de complementos naturalmente sombrios. Diferentes aspectos de um típico coração partido revelados por vozes, sons e temas tratados em um reforço de quase oposição, mas que encontraram na amargura dos interpretes um ponto nítido de aproximação.

Com seu figurino transgênero e instrumental movido de forma clara pela grandeza, Pethit deu vida ao jogo teatral de Estrela Decadente (2012), último registro em estúdio e obra que parece pensada com acerto para as apresentações ao vivo. Nada tímido e sabendo como orquestrar o público escasso que se acomodava espalhado pela pista, o paulistano fez do repertório ascendente um princípio para que músicas como Dandy Darling, Devil In Me e Moon fossem expostas em um jogo catártico, superior ao ambiente limitador de estúdio a que foram originalmente concebidas. Mais do que isso, Pethit e os companheiros de banda conseguiram romper com a timidez encaixada em Berlim, Texas (2010), estreia do músico e a morada de músicas, não mais tão tímidas, como Forasteiro.

Thiago Pethit

Enquanto o brasileiro apostou (com acerto) no manuseio das guitarras e principalmente vozes dinâmicas – vide a deliciosa versão de My Girl, do The Temptations -, Mike Hadreas, a mente sofredora aos comandos do Perfume Genius, seguiu pelo caminho oposto. Acompanhado de um baterista e outro músico responsável pela divisão dos pianos e sintetizadores, o artista visitou com parcimônia o cenário naturalmente sombrio de Put Your Back N 2 It (2012). Último registro em estúdio do norte-americano, o álbum trouxe em faixas como Normal Song e Take Me Home a base para uma apresentação marcada pelo teor intimista dos arranjos. De frente para um teclado, onde passou a maior parte do tempo, Hadreas substituiu em pouco tempo a calmaria natural pela comoção, efeito reforçado quando a amarga Hood fez o público cantar em coro, ou mesmo as demais canções espalhadas pelo repertório cinza.

Perfume Genius

Complementares, as apresentações fizeram o público ir da ascensão à queda em instantes sentimental, mantendo no teor confessional dos versos um princípio de estabilidade para o espetáculo. Curioso perceber como mesmo confortados em memórias perfumadas pela dor, nem Hadreas, nem Pethit perderam o controle durante toda a performance, confortando os presentes em um universo temporário em que a melancolia parecia fluir de forma bastante clara como uma benção.

.

Perfume Genius & Tiago Pethit
Local: Cine Joia, São Paulo – Brasil
Data: 20 de Outubro de 2013