PURPLE: “Never Come Back”

.

Batidas lentas, vocal arrastada e uma base instrumental que se divide entre a melancolia e a sensualidade. Sejam bem vindos ao universo de Never Come Back, mais novo lançamento de PURPLE. Comandado pelo português Luis Dourado, o projeto é um passeio por diferentes fases da eletrônica, Trip-Hop e R&B, mas sem necessariamente romper com o caráter autoral do produtor, em boa fase, pronto para lançar o primeiro álbum da carreira: Silence & Remorse (2015).

Com a nova composição, Dourado abandona o som compacto de Salvation EP, obra apresentada em 2013, para brincar com novas texturas, além do reforço no uso de instrumentos não “sintéticos”. Cercada de pianos sensíveis e detalhistas, Never Come Back sufoca pelas desilusões amorosas estampadas na letra, estabelecendo um diálogo coerente com o Portishead dos anos 1990, ao mesmo tempo em que toda a nova geração de músicos/produtores – como Shlohmo e Desampa – encontram um novo aliado melancólico.

Previsto para estrear no dia 16 de junho, Silence & Remorse será lançado pelo selo WEDIDIT.

.


Purple – Never Come Back