Ride: “Clouds Of Saint Marie”


Se existe uma coisa que os integrantes do Ride sabem como ninguém é a forma de explorar as melodias dentro de estúdio. Basta uma rápida passagem pelos dois primeiros álbuns de estúdio do grupo de Oxford, Nowhere (1990) e Going Blank Again (1992), para perceber a forma como Andy Bell, Laurence Colbert, Mark Gardener e Steve Queralt parecem transformar camadas de ruídos em um delicado complemento à base poética de cada canção. Um exercício minucioso que volta a se repetir com a chegada de Clouds Of Saint Marie, mais recente criação do quarteto.

Típica composição do grupo inglês, a faixa de quase quatro minutos utiliza da repetição dos versos e lenta sobreposição dos arranjos como estímulo para capturar a atenção do público, proposta que vem sendo aprimorada pela banda desde o início dos anos 1990. Feita para grudar na cabeça do ouvinte, a canção é parte do novo álbum de estúdio do Ride, This Is Not A Safe Place (2019). Nas últimas semanas, Bell e seus parceiros de banda revelaram ao público uma sequência de ótimas composições. É o caso da atmosférica Repetition e, mais recentemente, a delicada Future Love.

This Is Not A Safe Place (2019) será lançado em 16/8 via Wichita Recordings.


Ride – Clouds Of Saint Marie


One thought on “Ride: “Clouds Of Saint Marie”

Comments are closed.