Rio Sem Nome: “Cosmorama”

 

De um lado, as¬†ambienta√ß√Ķes¬†minimalistas¬†e experimentos eletr√īnicos que dialogam com o rico cat√°logo de obras do Sentidor ‚Äď entre eles, o recente Memoro Fantomo_Rio Preto¬†(2016). No outro oposto, a completa melancolia estampada nos¬†versos e temas sempre confessionais, como uma extens√£o do som produzido h√° poucos meses em Um Tempo Lindo Pra Estar Vivo (2016), estreia do grupo El Toro Fuerte. Ponto de encontro entre esses dois universos, Cosmorama, primeiro single do¬†Rio Sem Nome, novo projeto do cantor e compositor mineiro Jo√£o Carvalho.

Composta¬†e gravada durante a turn√™ “Bons Amigos, Maus H√°bitos”, projeto que¬†envolveu El Toro Fuerte, Jonathan Tadeu, Fernando Motta e Sentidor se apresentando em¬†diversas cidades do Nordeste do pa√≠s, a can√ß√£o montada em uma estrutura crescente hipnotiza e comove em segundos. Enquanto os versos sufocam pela dor, musicalmente, Carvalho brinca com as possibilidades, costurando batidas secas, vozes marcadas pelo auto-tune e melodias coloridas¬†em um ambiente sempre¬†mut√°vel.¬†Junto da can√ß√£o, um curioso lyric video √† la Bon Iver repleto de efeitos e interfer√™ncias¬†visuais.

Rio Sem Nome (2016) será lançado em novembro via Geração Perdida.

 

Rio Sem Nome – Cosmorama

Veja também:


Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Send this to friend