Róisín Murphy: “Incapable”


Poucos artistas parecem replicar com tamanha naturalidade a atmosfera de clássicos que embalaram as pistas dos anos 1990 quanto Róisín Murphy. Basta um rápido passeio pela curta discografia da artista, caso de Ruby Blue (2005), Overpowered (2007) e a dobradinha formada por Hairless Toys (2015) e Take Her Up to Monto (2016), para perceber o cuidado da artista na montagem de cada elemento. Da composição dos versos à escolha dos produtores, tudo parece pensado de forma calculada, esmero que se reflete em Incapable, mais recente e extensa criação da artista irlandesa.

Com produção assinada pelo experiente DJ Parrot, parceiro de longa data da cantora, a faixa de quase nove minutos de duração se revela aos poucos, convidando o ouvinte a se perder pela pista de dança. “Não sei o que estou fazendo / Nunca tive um coração partido / Não sei se posso amar / Com toda a honestidade / Eu não sei se é o que estou sentindo“, confessa enquanto o parceiro de estúdio detalha sintetizadores nostálgicos, batidas e pequenas inserções melódicas que fazem lembrar a passagem da artista pelo último álbum de DJ Koze, o ainda fresco Knock Knock (2018).


Róisín Murphy – Incapable