Róisín Murphy: “Something More”


Vamos dançar? Quatro anos após o lançamento do último trabalho de estúdio, Take Her Up to Monto (2016), Róisín Murphy anuncia a chegada de um novo registro de inéditas: Róisín Machine (2020). Produzido em parceria com Richard Barratt, parceiro de longa data da artista irlandesa, o registro de dez faixas deve ampliar a relação da cantora com produção eletrônica dos anos 1990, conceito reforçado em algumas das principais faixas apresentadas nos últimos meses, como a excelente Incapable, Narcissus e a ainda recente Myrphy’s Law, entregue ao público em março deste ano.

Para o anuncio do álbum, a cantora revelou a inédita Something More. Extensa, como tudo aquilo que Murphy tem produzido nos últimos meses, a canção encontra na disco music um estímulo para a composição dos arranjos, batidas e melodias que acompanha a artista durante toda a execução da faixa. Instantes em que o ouvinte vai dos anos 1970 à década de 1990 em uma criativa colagem de referências. São ecos de Donna Summer e Robin S, proposta que orienta as criações da irlandesa desde os primeiros registros, vide obras como Ruby Blue (2005) e Overpowered (2007).


Róisín Machine

01 Simulation
02 Kingdom Of Ends
03 Something More
04 Shellfish Mademoiselle
05 Incapable
06 We Got Together
07 Murphy’s Law
08 Game Changer
09 Narcissus
10 Jealousy

Róisín Machine (2020) será lançado em 25/9 via Skint / BMG.



Róisín Murphy – Something More