Rostam: “EOS”

.

Mais conhecido pelo trabalho com o Vampire Weekend, Rostam Batmanglij passou os últimos cinco anos envolvido em uma série de obras significativas da cena norte-americana. Obras como o último álbum de Carly Rae Jepsen, Emotion (2015),  a estreia solo de Hamilton Leithauser (The Walkmen), Black Hour (2014), e até mesmo composições avulsas, caso de Water, parceria recente com a banda Ra Ra Riot. Nas horas vagas, um espaço para a composições autorais, caso da recém-lançada EOS.

Lembrando uma canção de encerramento do Vampire Weekend, a faixa de arranjos lentos, coros de vozes e batidas pontuais nasce como um produto do completo interesse de Batmanglij pela World Music dos anos 1970 e 1980. Ainda que a lembrança de Paul Simon seja quase imediata, Rostam parece seguir por um caminho isolado, a mesma estrutura originalmente apresentada em faixas como WoodsDon’t Let it Get to You, ambas de 2011.

.

Rostam – EOS