Secchin: “Bote” (VÍDEO)

 

Mais conhecido pelo trabalho como diretor dos primeiros clipe de Silva, como Imergir e Eu Sempre Quis, além, claro, de colaborar com nomes como Maria Luiza Jobim (Opala), vide Night Lights, o cantor, compositor e multi-instrumentista carioca Julio Secchin anuncia para os próximos meses a chegada do primeiro álbum de estúdio da carreira. Trata-se de Festa do Adeus, “uma junção do estilo clássico da MPB e letras ácidas com poesia perspicaz“, como resume o texto de apresentação da obra.

Para anunciar o lançamento do trabalho, Secchin apresenta ao público a curtinha Bote. Um sambinha descompromissado e guiado em essência pela leveza dos versos. “Me dá um bote e me morde até doer / Mas não se afobe, porque a onda vai bater / E bateu forte, olha o Sol, já vai nascer / Me feriu de morte, coração não quer bater“, canta. O destaque acaba ficando por conta do clipe da canção, uma parceria com Kenny Hsu que mostra diferentes formas de acender e fumar seu baseado. Assista:

 

Secchin – Bote