Séculos Apaixonados: “Dedo em Riste”

 

Se cada um fizer o que quiser, você vai fazer o quê?”, pergunta o vocalista Gabriel Guerra na letra de Dedo em Riste. Segundo fragmento do novo álbum de estúdio da Séculos Apaixonados, O Ministério da Colocação (2016), a faixa que esbarra em temas existencialistas e questionamentos típicos de jovens adultos parece seguir uma trilha parcialmente distinta em relação ao material apresentado há poucas semanas durante o lançamento da eufórica Origem das Espécies.

Composição que mais se aproxima do material produzido pela banda em Roupa Linda, Figura Fantasmagórica – 8º lugar em nossa lista dos 50 Melhores Discos Nacionais de 2014 –, a faixa dominada pelo uso de sintetizadores e vozes abafadas parece crescer sem pressa, curiosa, espalhando um pequeno catálogo de vozes de forma a complementar a letra subjetiva de Guerra. Uma overdose de temas nostálgicos, como se Roxy Music, Pulp e Roupa Nova acabassem se encontrando em estúdio.

 

Séculos Apaixonados – Dedo em Riste