Semente de Maçã: “Abandono”

 

A viagem psicodélica de José Moreira parece longe de chegar ao fim. Poucos meses após o lançamento do bom Amparo EP (2018), obra em que dialoga com o mesmo pop psicodélico de nomes como BoogarinsMy Magical Glowing Lens e Bike, o cantor e compositor original da cidade de Belém, no Pará, está de volta com um novo registro autoral. Trata-se de Abandono (2018), obra que amplia a essência delirante do trabalho que o antecede.

Entre vozes submersas, quase instrumentais, guitarras, sintetizadores e batidas se entrelaçam de forma vagarosa, sem pressa. O resultado está em uma colorida mistura de elementos que aponta diretamente para o trabalho da australiana Tame Impala em Currents (2015). Nos versos, uma delicada combinação entre dor e separação, conceito que orienta a experiência do ouvinte desde os primeiro singles produzidos por Moreira no Semente de Maçã.

 

Semente de Maçã – Abandono