She-Devils: “Where There’s No One”

.

É difícil não se encantar pelo trabalho da dupla She-Devils. Com elementos que vão da Surf Music ao pop francês dos anos 1960, o casal formado por Audrey Ann (voz) e Kyle Jukka (sintetizadores) fizeram da enérgica Come uma das composições mais poderosas dos últimos meses. Uma rajada de versos sensuais e ritmo acelerado, proposta que se fragmenta com o lançamento da inédita Where There’s No One, uma das canções do primeiro EP de inéditas da banda canadense.

Ainda que a relação com a música lançada há mais de quatro décadas tome conta das pequenas lacunas da faixa, está no jogo de sintetizadores cósmicos e voz ecoada de Ann a passagem para um novo mundo de possibilidades. Longe da aceleração que marca o último single, Jukka produz uma faixa que passeia pela mesma nostalgia sentimental de outros artistas canadenses, principalmente Mac DeMarco e o romântico Sean Nicholas Savage.

.

She-Devils – Where There’s No One