Sky Ferreira: “Night Time, My Time”

Sky Ferreira

.

O casamento entre a melancolia noturna e composições de nítida aproximação com o pop fizeram de Night Time, My Time, estreia de Sky Ferreira, um dos grandes exemplares de estúdio lançados em 2013. Sombrio e acessível em uma medida estável, o disco rompe a lógica de um simples registro de música pop para brincar com pequenos, mas não menos provocantes instantes de experimentação. É o caso de músicas como Omanko e Heavy Metal Heart, faixas que resgatam traços específicos do que Ferreira conquistou em Ghost EP, diluindo tudo em uma medida arrastada, quase sufocante. Nenhuma, entretanto, ultrapassa os limites da faixa-título, canção posicionada no encerramento da obra e a mais nova escolhida para se transformar no novo clipe da cantora.

Além do vídeo – uma espécie de representação das inúmeras faces da norte-americana ao longo da obra -, a artista deu início ao lançamento de uma série de músicas que ficaram de fora do debut. Há desde faixas movidas pela leveza das vozes (e sons), caso de Werewolf (I Like You), até músicas como I’m On Top, música que bem poderia fazer parte do repertório de Lily Allen no pegajoso It’s Not Me, It’s You (2009). A melhor das três faixas é Can’t Say No To Myself, música que parece de fato íntima dos arranjos propostos para o disco, mas lembra muito outras como I Blame Myself e Nobody Asked Me (If I Was Okay). Uma overdose de Sky Ferreira. UPDATE: Enquanto o clipe não sai no Youtube, veja por aqui.

.

Sky Ferreira – Night Time, My Time

.

Sky Ferreira – Werewolf (I Like You)

.

Sky Ferreira – Can’t Say No To Myself

.


Sky Ferreira – I’m On Top