Sonto: “Sonto EP”

.

Originalmente gravado em 2011 por C√©sar Lacerda,¬†Pedro Carneiro (produtor do √°lbum Paralelos & Infinitos) e Luiza Brina (Graveola e o Lixo Polif√īnico), Sonto EP (2016) √© uma obra de detalhes e experimentos t√≠midos. De um lado, as ambienta√ß√Ķes buc√≥licas/on√≠ricas¬†de Lacerda e Carneiro, cada vez mais √≠ntimos do trabalho apresentado por gigantes dos anos 1970 – como Milton Nascimento e Nick Drake. No outro, a voz doce, essencialmente acolhedora¬†de Brina, um contraponto rom√Ęntico e realista, respons√°vel pela sutil colis√£o de versos que se esbarram no interior da obra.

Entre “ansiol√≠ticos, orix√°s e m√°quinas do tempo”, como bem descreve o trio no texto de apresenta√ß√£o da obra, a lenta forma√ß√£o de um mundo particular. Um cat√°logo curto, apenas seis composi√ß√Ķes. Faixas que exploram¬†com os tormentos¬†existencialistas de qualquer indiv√≠duo (Da Gente) ou simplesmente mergulham em pequenos conflitos amorosos (De Um Porto). Confiss√Ķes particulares, mas que poderiam facilmente ser encontrados na obra de Marcelo Jeneci ou mesmo no trabalho de grupos estrangeiros¬†como Fleet Foxes e The Microphones.

Com distribuição gratuita Рfaça download do disco aqui -, Sonto EP também pode ser apreciado na íntegra pela página do trio no Youtube ou pelo soundcloud no player abaixo. A arte do álbum ficou por conta da mineira Sara Braga, do Sara Não Tem Nome. Quem assina a mixagem do disco é Tomás Alem.

.

Sonto – Sonto EP

Veja também:


4 thoughts on “Sonto: “Sonto EP”

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Send this to friend