SOPHIE: “Faceshopping”

 

Quem espera por um possível traço de linearidade no trabalho de SOPHIE talvez deva procurar pelo trabalho de outro artista. Depois de confessar os próprios sentimentos na delicada It’s Okay To Cry, e de presentear o público com a “estranha” Ponyboy, a produtora e cantora britânica está de volta com um novo experimento autoral. Trata-se de Faceshopping, música em que a artista inglesa parece jogar com as possibilidades de forma curiosa.

Faixa que mais se aproxima do último trabalho de SOPHIE, a coletânea PRODUCT, de 2015, Faceshopping, parece brincar com a instável desconstrução dos elementos. São batidas, vozes manipuladas, sintetizadores e melodias tortas que sintetizam o que há de mais encantador (e bizarro) no trabalho produzido pela artista britânica. Pouco mais de quatro minutos em que o ouvinte é transportado para diferentes cenários.

 

SOPHIE – Faceshopping


Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Send this to friend