Squarepusher: “Vortrack”


Um dos nomes mais importantes da produção eletrônica nos anos 1990, Squarepusher anuncia para janeiro do próximo ano a chegada de um novo álbum de estúdio. Intitulado Be Up a Hello (2020), o trabalho que conta com distribuição pelo selo Warp, por onde já passaram nomes como Aphex Twin e Flying Lotus, reserva ao público nove composições inéditas que devem resgatar o mesmo som torto que marca o trabalho do artista desde o início de carreira. Canções marcas pela propositada quebra de ritmo, ruídos e sintetizadores atmosféricos, base para a recém-lançada Vortrack.

Entregue ao público em duas diferentes edições, a nova faixa conta tanto com sua versão original, com pouco mais de cinco minutos de duração, como a intrigante Fracture Remix. São pouco mais de oito minutos em que Tom Jenkinson, grande responsável pelo projeto, parece transportar o ouvinte para o mesmo universo criativo detalhado em algumas de suas principais obras, caso do clássico Hard Normal Daddy (1997) e Music Is Rotted One Note (1998). O último grande lançamento do produtor britânico é o bom Damogen Furies (2015), entregue ao público há quatro anos.

Be Up a Hello (2020) será lançado em 31/1 via Warp.


Squarepusher – Vortrack

Jornalista, criador do Miojo Indie e integrante do podcast Vamos Falar Sobre Música. Já passou por diferentes publicações de Editora Abril, foi editor de Cultura e Entretenimento no Huffington Post Brasil, colaborou com a Folha de S. Paulo e trabalhou com Brand Experience e Creative Copywriter em marcas como Itaú e QuintoAndar. Pai do Pudim, “ataca de DJ” nas horas vagas e adora ganhar discos de vinil de presente.