Swans: “The Glowing Man”

.

Oito faixas, quase duas horas de duração e o “último álbum do Swans com a ‘atual encarnação'”. É assim que Michael Gira vem apresentando o 14º registro de estúdio do Swans, The Glowing Man (2016). Sucessor dos ótimos The Seer (2012) e To Be Kind (2014), o novo trabalho mais uma vez reforça a parceria entre Gira e John Congleton, parceiro de produção nos últimos dois últimos registros de inéditas da banda e colaborador de artistas como St. Vincent, Modest Mouse e Sigur Rós.

Para apresentar o novo disco, Gira decidiu fazer surpresa em relação ao trabalho. Além da capa (imagem acima) e da lista de composições que integram o trabalho, o músico norte-americano entregou apenas um trecho da faixa-título do disco. São pouco mais de dois minutos de duração, um mero fragmento dos quase 30 minutos da canção.

The Glowing Man (2016) será lançado no dia 17/06 pelo selos Mute/Young God.

.

Swans – The Glowing Man (excerto)