Resenhas / Slide

Crítica | Céu: “Tropix”

Batidas eletrônicas, sintetizadores atmosféricos e versos consumidos pela dor. Em Tropix (2016), quarto álbum de estúdio da carreira, Céu preserva o lirismo sentimental dos registros que o antecedem, porém, estabelece no uso de reverberações sintéticas, bips e ambientações minimalistas a …

Continue Lendo