Artista: Japandroids
Gênero: Rock, Alternativo, Indie Rock
Acesse: http://japandroids.com/

 

Celebration Rock (2012) garantiu ao duo canadense Japandroids a possibilidade de amadurecer em estúdio. Entre guitarras ensurdecedoras e versos pegajosos, vide faixas como Fire’s Highway e The House That Heaven Built, o segundo registro de inéditas da dupla formada por Brian King e David Prowse passeia por diferentes fases do rock norte-americano, costurando ruídos, batidas e vozes sempre intensas, proposta que custa a se repetir em Near to the Wild Heart of Life (2017, ANTI-).

Terceiro e mais recente álbum de estúdio da dupla de Vancouver, o registro abastecido por oito canções inéditas — uma tradição dentro da discografia do Japandroids —, se apresenta ao público de forma explosiva logo nos primeiros minutos, fazendo da autointitulada música de abertura um estímulo para o restante da obra. A mesma energia e jovialidade explícita no trabalho lançado há cinco anos, mas que acaba se perdendo à medida que o duo avança pelo disco.

Caminhando em sentido oposto ao registro de 2012, em que parte expressiva das canções pareciam se completar, cada composição do novo disco se projeta como um ato isolado, independente. Instantes em que o duo canadense mergulha no noise-rock, como em I’m Sorry (For Not Finding You Sooner), para logo em seguida flertar com temas eletrônicos e sintetizadores, marca da extensa Arc Of Bar, com pouco mais de sete minutos de duração. Uma colagem de ideias e referências que torna a audição do registro confusa em diversos momentos.

Trabalho mais “experimental” de toda a curta discografia do Japandroids, Near to the Wild Heart of Life parece costurar diferentes sonoridades de forma propositadamente instável, bagunçando a essência da dupla canadense. Um bom exemplo disso está em North East South West, música que soa como algum clássico de Bruce Springsteen no começo dos anos 1980 ou mesmo True Love And A Free Life Of Free Will, composição que quebra parte expressiva do som incorporado pela banda durante o lançamento de Celebration Rock.

Continue Reading "Resenha: “Near to the Wild Heart of Life”, Japandroids"

 

Estão prontos para um novo álbum do Japandroids? Quatro anos após o lançamento do ótimo Celebration Rock – 8º lugar na nossa lista dos 50 Melhores Discos Internacionais de 2016 –, Brian King e David Prowse anunciam a chegada de um novo registro de inéditas, o terceiro na carreira da banda. Intitulado Near To The Wild Heart Of Life (2017), o disco previsto para janeiro do próximo ano conta com oito novas composições, incluindo a intensa faixa-título, primeiro exemplar do trabalho apresentado ao público.

Como tudo que o Japandroids vem produzindo desde o primeiro álbum de inéditas, Post-Nothing, de 2009, a nova composição mantém firme a crueza dos arranjos, detalhando vozes em coro, versos melódicos e o constante embate entre as guitarras de King e a bateria insana de Prowse. São quase cinco minutos de distorções, batidas e versos pegajosos, esbarrando na mesma atmosfera do hit The House That Heaven Built.

Near To The Wild Heart Of Life (2017) será lançado no dia 27/01 via Anti-.

 

Japandroids – Near To The Wild Heart Of Life

Continue Reading "Japandroids: “Near To The Wild Heart Of Life”"