Singles

Rio Sem Nome: “Cosmorama”

  De um lado, as ambientações minimalistas e experimentos eletrônicos que dialogam com o rico catálogo de obras do Sentidor – entre eles, o recente Memoro Fantomo_Rio Preto (2016). No outro oposto, a completa melancolia estampada nos versos e temas sempre confessionais, como uma extensão …

Continue Lendo

Send this to friend