O som empoeirado das guitarras de Chuck Blazevic, sintetizadores trabalhados de forma climática, sempre intimistas, um estímulo para a voz doce de Alice Hansen. Basta uma rápida audição para que qualquer faixa produzida pela dupla canadense You’ll Never Get To Heaven se transforme na passagem para um universo de sonhos e ambientações enevoadas, proposta detalhada com leveza em cada fragmento instrumental da recente Beyond The Clouds.

Terceiro e mais recente single do novo álbum de inéditas do duo canadense, Images (2017), Beyond The Clouds segue com naturalidade o mesmo som explorado pelo You’ll Never Get To Heaven durante o lançamento das etéreas To Be Fair e da própria faixa-título do novo disco. Um som marcado pela delicadeza dos arranjos e uso pontual da bateria eletrônica, aproximando material produzido pela dupla de outros veteranos do Dream Pop.

Images (2017) será lançado no dia 24/03 via Yellow K.

 

You’ll Never Get To Heaven – Beyond The Clouds

Continue Reading "You’ll Never Get To Heaven: “Beyond The Clouds”"

 

Phil Elverum já havia emocionado o público durante o lançamento de Real Death, há poucas semanas, sensação que volta a se repetir logo nos primeiros segundos de Ravens. Parte do novo álbum de inéditas do cantor e compositor norte-americano, A Crow Looked At Me (2017), a canção mergulha ainda mais fundo no universo de memórias e referências tétricas em torno da recente morte da artista Geneviève Castrée, esposa do cantor.

Assim como no single anterior, a nova faixa mergulha no isolamento e pequenas tentativas de Elverum em se adaptar à ausência de Castrée. Uma seleção de versos essencialmente descritivos, quase documentais, como se o ouvinte seguisse o personagem (real) do cantor por diferentes cenários. Com quase sete minutos de duração, Ravens chega acompanhada de um registro caseiro de diferentes imagens gravadas por Elvrum ao lado de Castrée.

A Crow Looked At Me (2017) será lançado no dia 24/03 via P.W. Elverum & Sun.

Mount Eerie – Ravens

Continue Reading "Mount Eerie: “Ravens” (VÍDEO)"

 

Hipnótico, assim é o som produzido pela banda norte-americana You’ll Never Get To Heaven. Formado pelo casal Chuck Blazevic e Alice Hansen, o duo que já conta com um bom EP, Adorn, de 2014, reserva para o mês de março a chegada de um novo álbum de inéditas: Images (2017). Dias após o lançamento da faixa-título do disco, faixa que sintetiza a essência do projeto, dupla revela ao público mais uma delicada e inédita composição: To Be Fair.

Entre sintetizadores, batidas econômicas e vozes etéreas, Hansen e o parceiro de banda conduzem o ouvinte para dentro de um cenário dominado por formas enevoadas. São pouco mais de quatro minutos em que o casal brinca com a percepção do público, detalhando um universo de pequenas texturas, vozes instrumentais e detalhes precisos. Melodias empoeiradas que soam como um possível encontro entre as canções do Chromatics com os experimentos de Grouper. (Via)

Images (2017) será lançado no dia 24/03 via Yellow K.

 

You’ll Never Get To Heaven – To Be Fair

Continue Reading "You’ll Never Get To Heaven: “To Be Fair”"

Quem acompanha o trabalho da banda norte-americana Tennis já deve ter percebido a mudança de direção por parte das letras da vocalista Alaina Moore. Longe do universo de sonhos e declarações de amor que apresentaram o grupo no debut Cape Dory, de 2011, são versos sóbrios, por vezes ácidos, que orientam o som produzido pela artista em parceria com o marido, o músico Patrick Riley. Um bom exemplo disso está na recém-lançada Modern Woman.

Parte do novo álbum de inéditas da dupla, Yours Conditionally (2017), a canção segue a trilha de outro lançamento recente da banda, Ladies Don’t Play Guitar, música que fala sobre libertação das mulheres dentro de uma sociedade machista e opressora. Assim como os últimos lançamentos do Tennis, Modern Woman chega acompanhada de um precioso clipe dirigido por Luca Venter e Kelia Anne. A imagem de Moore em um cenário do final dos anos 1960.

Yours Conditionally (2017) será lançado no dia 10/03 via Mutually Detrimental.

 

Tennis – Modern Woman

Continue Reading "Tennis: “Modern Woman” (VÍDEO)"

 

Em julho do último ano, Geneviève Castrée, artista plástica, musicista e esposa de Phil Elverum não resistiu a um câncer no pâncreas, vindo a falecer poucos meses após a descoberta da doença. Primeiro registro de inéditas de Mount Eerie em dois anos, A Crow Looked at Me (2017) nasce como uma dolorosa tradução de todos esses acontecimentos que cercaram o músico norte-americano nos últimos anos. Um registro doloroso, dominado pela morte, dor, solidão e necessidade de seguir em frente.

Faixa de abertura do novo disco, Real Death descreve toda a sequência de acontecimentos que tomaram conta da vida de Elverum logo após a morte de Castrée. Versos que transportam o ouvinte para diferentes cenários obscuros, dentro e fora da mente do eu lírico. Uma típica composição do Mount Eerie, porém, sufocante pela forma como os arranjos e versos se projeto de forma essencialmente honesta, indicando a direção seguida pelo músico nas canções deA Crow Looked at Me.

 

A Crow Looked at Me

01 Real Death
02 Seaweed
03 Ravens
04 Forest Fire
05 Swims
06 My Chasm
07 When I Take Out the Garbage At Night
08 Emptiness pt. 2
09 Toothbrush/Trash
10 Soria Moria
11 Crow

A Crow Looked At Me (2017) será lançado no dia 24/03 via P.W. Elverum & Sun.

 

Mount Eerie – Real Death

Continue Reading "Mount Eerie: “Real Death”"

 

Original da cidade de Orlando, na Flórida, o Tonstartssbandht é um projeto de rock psicodélico comandado pelos irmãos Edwin e Andy White. No catálogo da banda, um rico acervo de obras caseiras, registros ao vivo, singles, trabalhos colaborativos e EPs que se espalham pelo perfil da banda no Bandcamp. Convidados a integrar o selo Mexican Summer – casa de artistas como Ariel Pink e Weyes Blood –, o duo anuncia para o mês de março a chegada de um novo álbum de estúdio: Sorcerer (2017).

Primeiro grande trabalho da banda desde o LP Now I Become, de 2011, o registro acaba de ter a extensa faixa-título apresentada ao público. São pouco mais de nove minutos de duração em que o duo norte-americano joga com diferentes sonoridades, invade o terreno de artistas como Mac DeMarco, parceiro de longa data da banda, e ainda fazem com que o ouvinte seja conduzido para dentro de um imenso labirinto de pequenas incertezas e quebras instrumentais.

Sorcerer (2017) será lançado no dia 24/03 via Mexican Summer.

 

Tonstartssbandht — Sorcerer

Continue Reading "Tonstartssbandht: “Sorcerer”"

 

Formado pelo casal Chuck Blazevic e Alice Hansen, o You’ll Never Get To Heaven é um projeto de Dream Pop com brinca com as referências e temas instrumentais vindos de diferentes épocas. Com um bom EP entregue ao público em 2014, Adorn, o duo canadense anuncia para o final de março a chegada do primeiro grande álbum da carreira. Intitulado Images (2017), o registro de 11 faixas deve expandir o som atmosférico e doce que a dupla vem produzindo desde os primeiros anos de carreira.

Faixa-título do trabalho, a nova canção revela um claro amadurecimento no processo de composição do casal. Enquanto os versos passeiam em meio a recordações, temas intimistas e versos sussurrados, sintetizadores e guitarras se espalham sem pressa, esbarrando na mesma ambientação assumida por artistas como Chromatics. São pequenos atos e curvas sutis que conduzem o ouvinte para dentro de um território marcado pela incerteza.

 

You’ll Never Get To Heaven – Images

Continue Reading "You’ll Never Get To Heaven: “Images”"

 

Parceiros de longa data, Ariel Pink e Natalie Mering, artista responsável pelo Weyes Blood, estão de volta com um novo projeto de estúdio. Colaboradores desde o último álbum do Ariel Pink’s Haunted Graffiti, Mature Themes (2012), obra que contou com a voz de Mering em diversas composições, o casal se reencontra agora dentro do experimental Myths 002 (2017), um registro de quatro faixas que integra a série de obras colaborativas produzidas pelo selo Mexican Summer.

Assim como na primeira edição do projeto, obra que apresentou a parceria entre os músicos Dev Heynes (Blood Orange) e Connan Mockasin, o novo registro nasce como um curioso exercício criativo. Em Tears O Fire, primeiro exemplar do encontro entre Pink e Mering, melodias, arranjos e vozes que dialogam com a essência dos dois artistas. Um perfeito encontro entre os inventos lançados do músico californiano no álbum pom pom (2014) como nas canções do recente álbum do Weyes Blood, Front Row Seat to Earth (2016).

Myths 002 EP (2017) será lançado no dia 27/01 via Mexican Summer.

 

Ariel Pink & Weyes Blood – Tears On Fire

Continue Reading "Ariel Pink & Weyes Blood: “Tears On Fire”"

 

Ao lado da parceira de banda Harmony Tividad, Cleo Tucker deu vida a um dos registros mais preciosos do rock alternativo de 2015. Em Before the World Was Big, álbum de estreia do Girpool, arranjos tímidos de guitarra servem de base para os versos sempre intimistas da dupla. Canções marcadas por relacionamentos fracassados, conflitos típicos de um jovem adulto e até pequenas confissões românticas, estímulo para grande parte do trabalho.

Em carreira solo, Tucker mantém firme a mesma proposta, porém, de forma ainda mais intimista. Um bom exemplo disso está na inédita Minute In Your Mind. Mais recente invento em carreira solo, a composição ancorada em memórias recentes da própria artista mantém firme a estética lo-fi dos antigos trabalhos de Tucker, caso de Looking Pretty At The Wall e Call It Tie. Um ato curto, mas não menos delicado e sensível.

 

Cleo Tucker – Minute In Your Mind

Continue Reading "Cleo Tucker: “Minute In Your Mind”"

 

Reverenciar o passado deu a Will Toledo a possibilidade de produzir um clássico recente do rock norte-americano. Em Teens of Denial – 14º lugar na nossa lista dos 50 Melhores Discos Internacionais de 2016 –, o guitarrista e líder do Car Seat headrest faz de cada composição presente no registro um diálogo nostálgico com a música produzida por diferentes artistas da década de 1990. Um som empoeirado que se repete em New Religion, canção inédita do Gold Connections, mas que leva a assinatura de Toledo.

Comandada por Will Marsh, parceiro de longa data do músico, a banda anuncia para o mês de março a chegada do primeiro EP pelo selo Fat Possum Records. Em New Religion, canção escolhida para apresentar o trabalho, Marsh e Toledo finalizam uma composição sensível e crescente, produzida a partir da lenta sobreposição de guitarras, vozes e distorções semi-psicodélicas. Um bom aperitivo enquanto o Car Seat Headrest não aparece com um novo álbum de inéditas.

 

Gold Connections – New Religion

Continue Reading "Gold Connections: “New Religion”"