Artista: Dinosaur Jr.
Gênero: Alternative Rock, Indie, Rock
Acesse: http://www.dinosaurjr.com/

 

De todos os artistas que decidiram entrar em hiato no final da década de 1990 – como Weezer, Soundgarden e The Smashing Pumpins –, o Dinosaur Jr. talvez seja a banda que fez o melhor retorno aos palcos e estúdios. Uma década após o lançamento de Hand It Over (1997), o trio de Amherst, Massachusetts, estava de volta com o intenso Beyond (2007), uma continuação do mesmo som urgente que apresentou a banda no final dos anos 1980 e a base de toda a sequência de obras que viriam a ser produzidas pelo grupo nos próximos anos.

Em Give a Glimpse of What Yer Not (2016, Jagjaguwar), quarto registro de inéditas desde o regresso há nove anos, J Mascis (guitarra e voz), Lou Barlow (baixo e voz) e o baterista Murph se concentram na produção de um material essencialmente cru, raivoso. Uma propositada fuga da sonoridade densa que acabou orientando os dois últimos trabalhos produzidos pela banda – Farm (2009) e I Bet on Sky (2012).

São pouco mais de 40 minutos de duração. Um total de 11 faixas em que a banda norte-americana se reveza na construção de faixas que dialogam com o rock dos anos 1970 (I Walk For Miles), investem na aceleração das vozes e batidas (Tiny), além de presentear o público com alguns dos melhores solos já produzidos por Mascis (Goin Down). De fato, para a divulgação do trabalho, o guitarrista concentrou todos os solos de guitarra do álbum em uma única playlist no Spotify, indicando a fúria do registro.

Inaugurado pela urgência de Goind Down, Give a Glimpse of What Yer Not segue em uma estrutura dinâmica até o último instante. Uma colisão de vozes berradas e arranjos que confirmam a boa fase do trio de veteranos. Um bom exemplo disso está na construção de Good To Know. Sexta faixa do disco, a canção dominada pelas guitarras de Mascis instantaneamente transporta o ouvinte para o final da década de 1980, como uma extensão do som produzido para clássicos como You’re Living All Over Me (1987) e Bug (1988).

Continue Reading "Resenha: “Give a Glimpse of What Yer Not”, Dinosaur Jr."

. Lou Barlow parece entusiasmado para o lançamento de Defend Yourself. Primeiro registro em estúdio do Sebadoh desde que o autointitulado registro foi lançado em 1999, o novo projeto já acumula algumas boas composições, caso de I Will, e mais recentemente de State Of Mine, novo single da banda. Despojada, a canção se esquiva parcialmente dos ruídos, trazendo no manuseio “pop” das guitarras e vozes um sentido de pequena oposição ao single anterior. Próxima em alguma medida do Superchunk, no álbum I Hate Music, a…Continue Reading “Sebadoh: “State Of Mine””

. Depois de 14 anos de espera e Lou Barlow está de volta com um dos projetos mais queridos da década de 1990: o Sebadoh. Base para uma centena de artistas recentes interessados em reviver a sonoridade firmada a duas décadas, a banda norte-americana impõe nas guitarras e vozes limpas de I Will a premissa para o que deve abastecer o próximo lançamento do grupo. Intitulado Defend Yourself, o ainda inédito álbum surge como o primeiro registro em estúdio da banda desde a entrega do…Continue Reading “Sebadoh: “I Will””