Tag Archives: Notícias

Fábrica: “Dois EP”

.

Oposto ao pop-rock-Los-Hermanos do álbum de estreia, em Grão (2013) a banda carioca Fábrica conseguiu encontrar um novo e envolvendo posicionamento lírico/musical. Ainda que orientado por arranjos complexos, o trabalho, um dos 50 melhores de 2013, em nenhum momento tende ao exagero dos experimentos, mantendo firme a linha melódica inicialmente proposta por Emygdio Costa, o grande responsável pela banda.

Nada poderia ser mais satisfatório do que perceber em Dois EP (2014) a mesma sonoridade exaltada no trabalho anterior. Colaboração entre Costa e o parceiro de criação/amigo, Cadu Tenório (Ceticências, Sobre a Máquina), o pequeno registro assume em duas faixas toda a maturidade da banda. Abastecido por uma versão tímida de Vambora, da cantora Adriana Calcanhotto, o trabalho chama de fato a atenção pela sutileza de Córrego, uma criação delineada por ruídos e vozes doces, mas que resume de forma aprimorado a atual proposta da banda. Ouça abaixo.

.

Fábrica – Dois EP

Compartilhe

  • Facebook
  • Twitter
  • Google Plus
Tagged , , , , , , , , , ,

Darkside: “What They Say” e “Gone To Soon”

.

Quem já esperava ansiosamente por um novo álbum do Darkside foi surpreendido por uma triste notícia. No Twitter oficial da dupla, Nicolas Jarr e Dave Harrington anunciaram o fim da parceria, encerrando temporariamente qualquer atividade relacionada ao projeto. Com o último show agendado para o dia 14 de setembro no Brooklyn, em Nova York, os produtores se despedem revelando duas canções que acabaram de fora do ótimo Psychic, lançado em 2013.

Naturalmente imersas no mesmo ambiente sombrio do último registro, What They Say e Gone To Soon traduzem boa parte dos conceitos assinados pela dupla em mais de três anos de parcerias. Disponíveis para audição logo abaixo, as duas composições serão lançadas oficialmente como parte da coletânea WORK, do próprio selo de Jaar, o Other People. Além do álbum de 2013 e diferentes remixes, o Darkside acumula ainda um EP homônimo apresentado em 2011 e uma reedição do disco Random Access Memories Memories (2013) do Daft Punk.

.

Darkside – What They Say

.

Darkside – Gone To Soon

Compartilhe

  • Facebook
  • Twitter
  • Google Plus
Tagged , , , , , , , , , , ,

Kero Kero Bonito: “Sick Beat”

.

.

O que você poderia esperar de um projeto intitulado Kero Kero Bonito? Quem apostou em “referências orientais”, “estética Tumblr”, cores e sons “açucarados”, não apenas desvendou parte expressiva do trabalho proposto pelo trio britânico de “Hip-Hop poliglota”, como ainda foi presenteado com boa parte dos elementos expostos em Sick Beat, no novo (e divertido) single dos parceiros Sarah, Jamie e Gus.

Mesmo excêntrica, a doce criação está longe de esbarrar no mesmo campo perturbador de SOPHIE, FKA Twigs e outros nomes da presente cena britânica. Trata-se de uma versão resumida desse contexto. Pegajosa, a nova faixa abre passagem para a mixtape Intro Bonito (2014), trabalho que será apresentado oficialmente no dia 25 de agosto e conta com lançamento pelo selo Double Denim. Para outras novidades apresentadas pelo trio, basta companhar a página da banda no Facebook ou ouvir outras composições no próprio soundcloud do grupo.

.

Kero Kero Bonito – Sick Beat

Compartilhe

  • Facebook
  • Twitter
  • Google Plus
Tagged , , , , , , , , , ,

Onagra Claudique: “Lira Auriverde”

.

As três canções lançadas pela Onagra Claudique no EP A Hora e Vez de Onagra Claudique, de 2012, foram mais do que suficientes para garantir ao grupo um lugar de destaque na nossa lista dos 50 Melhores Discos Nacionais daquele ano. Leve e recheado por composições que resumem aspectos sutis do Indie-Folk de diferentes fases, o trabalho parece ser a base para o universo (ainda) em construção de Lira Auriverde (2014), o primeiro álbum de estúdio da banda paulistana.

Aos comandos da dupla Roger Valença e Diego Scalada, responsáveis pela banda, o registro produzido por Fabio Pinczowski e Mauro Motoki (Ludov) se encontra agora em fase de finalização. Para os últimos acertos da obra, a banda iniciou um processo de financiamento coletivo pelo Catarse – campanha que busca arrecadar R$ 11.583 ao longo de 40 dias. Os interessados em colaborar com o grupo – e reservar o próprio exemplar do disco – já podem fazer a doação por este link. Se você ainda desconhece o trabalho da banda, a lista com o primeiro EP (acima) e o doce single Arrebol (logo abaixo) vão servir como um verdadeiro estímulo.

.

Onagra Claudique – Lira Auriverde

Compartilhe

  • Facebook
  • Twitter
  • Google Plus
Tagged , , , , , , , , , ,

Rio Shock: “RIOSHOCKDOTHEVOGUE” mixtape

.

Enquanto João Brasil e os parceiros do Rio Shock não anunciam o sucessor do homônimo EP de estreia, o jeito é corre atrás de pequenas criações que carregam a assinatura do grupo carioca. Depois de convencer com ótima Rio Pump, faixa apresentada há poucos meses, agora o coletivo entrega ao público parte das próprias referências com o lançamento da mixtape RIOSHOCKDOTHEVOGUE.

Feito sob encomenda para revista VOGUE Brasil, o registro de 40 minutos mergulha de cabeça nos anos 1990, sustentando desde canções autorais do grupo carioca, até adaptações de pequenos clássicos da época. Entre músicas como Sensualizar e Surreal, do EP de 2013, Brasil abre espaço para que C+C Music Factory, Technotronic e até novatos como Disclosure ocupem o trabalho. Não por acaso a mixtape se converte na trilha sonora perfeita para salvar qualquer festa.

.

Rio Shock – RIOSHOCKDOTHEVOGUE mixtape

Compartilhe

  • Facebook
  • Twitter
  • Google Plus
Tagged , , , , , , , , , , , , , ,

Cadu Tenório: “Vozes”

.

A fonte criativa de Cadu Tenório parece longe de secar. Produtivo e envolvido em diferentes projetos, o músico/produtor carioca não consegue passar mais do que alguns meses sem revelar ao público um novo registro de inéditas. Somente em 2014 foram lançados dois álbuns solo – Cassettes e 1987/1990 -, além de um novo EP pelo Ceticências, projeto (agora) dividido com o conterrâneo Sávio de Queiroz.

De forma a ampliar o próprio acervo, Tenório entrega agora Vozes (2014), mais recente trabalho solo e obra abastecida por quatro canções inéditas. Menos “sombrio” em relação aos primeiros registros do músico – principalmente ao lado dos parceiros do Sobre a Máquina -, o novo álbum muda a fórmula de Tenório, temporariamente íntimo de ambientações eletrônicas. Com lançamento/download gratuito pelo selo Sinewave, o disco pode ser apreciado abaixo. Aproveite e assista ao clipe de Fragmentos, uma das composições do novo álbum.

.

Cadu Tenório – Vozes

.

Cadu Tenório – Fragmentos

Compartilhe

  • Facebook
  • Twitter
  • Google Plus
Tagged , , , , , , , , , , , ,

M.I.A. & Partysquad: “Gold”

.

Matangi (2013) ainda nem esfriou, mas para quem já está com sede de alguma composição nova da rapper M.I.A., o jeito é correr atrás das pequenas colaborações da artista. A mais recente delas é a curtinha Gold, faixa de de míseros um minuto e 47 segundos, mas que já serve para dançar. Lembrando alguma criação antiga da rapper, a faixa ainda flerta com o clima do último disco, principalmente nas batidas.

Curtinha, a inédita criação é parte da nova mixtape de verão lançada pela dupla Partysquad. Além de M.I.A., a dupla holandesa aparece bem servida de convidados, afinal, nomes como Wiz Khalifa, Duke Dumont e Vic Mensa integram o time de parcerias do registro. Abaixo, além da versão isolada de Gold, você pode ouvir e baixar a mixtape completa.

.

M.I.A. & Partysquad – Gold

.

Partysquad – Summer Mixtape

Compartilhe

  • Facebook
  • Twitter
  • Google Plus
Tagged , , , , , ,

Shlohmo & Jeremih: “No More EP”

.

Desde que Shlohmo e o rapper Jeremih lançaram Bo Peep (Do U Right), em 2013, a troca de referências trouxe benefícios evidentes para os dois artistas. Enquanto o produtor californiano encontrou uma brecha acessível dentro da própria obra – antes guiada pelo experimento -, o rapper passou a apostar em uma sonoridade menos óbvia, comprovação ressaltada em Don’t Tell ‘Em, último single de Jeremi e uma das melhores composições lançadas nos últimos meses.

Como a melancólica No More já havia anunciado no começo de 2014, é hora de ter acesso ao primeiro EP colaborativo da dupla. Lançado de forma independente, o trabalho naturalmente concentra as bases de Shlohmo, sustentando musicalmente as rimas apresentadas por Jeremih. Independente, o trabalho pode ser baixado gratuitamente pela página da dupla. Abaixo, a faixa-título do projeto e um resumo daquilo que a dupla reserva ao longo da curta obra.

.


Shlohmo & Jeremih – No More

Compartilhe

  • Facebook
  • Twitter
  • Google Plus
Tagged , , , , , ,

Desampa: “Holdon”, “Foregone” e “Not Afraid to Fail”

Desampa

.

Com o lançamento de Hue EP (2014) há poucos meses, o “misterioso” Desampa conseguiu dar um passo seguro e naturalmente maduro em relação ao  trabalho desenvolvido no EP de estreia, o melancólico Err (2011). Investindo em uma sonoridade menos tímida, ainda que compacta do ponto de vista comercial, o paulistano não apenas encontrou um caminho seguro para se aproximar de um novo público, como ainda presenteou os velhos seguidores com uma sequência de três faixas guiadas por boas melodias e versos cantaroláveis.

Passado o lançamento do (curto) registro, é hora do cantor investir no clipe de cada uma das novas faixas. Diferente do resultado entregue de forma assertiva no ótimo vídeo de Love?, do disco EP passado, Desampa aparece com o clipe das três faixas em formato exclusivo para o Instagram. Claro que por conta da própria plataforma nenhum dos registros ultrapassa 15 segundos de duração. Abaixo apresentamos a “primeira parte” de cada um dos três clipes, o restante você encontra no perfil do músico.

.


Desampa – Holdon Continue reading

Compartilhe

  • Facebook
  • Twitter
  • Google Plus
Tagged , , , , , , , , , ,

Sants: “Noite Ilustrada”

Sants

.

Com dois grandes lançamentos apresentados há poucos meses – Soundies! e Low Moods – e um lugar de evidente destaque na nossa lista dos 50 Melhores Discos Nacionais de 2013, o paulistano Diego Santos, o Sants, reforça evolução a cada novo registro de sua (ainda) curta discografia. Mantendo a boa forma dos trabalhos entregues no último ano, além da série de singles revelados nos últimos meses, o jovem produtor apresenta agora mais um registro pelo selo Beatwise Recordings: Noite Ilustrada (2014).

Divido em dois lados e exaltando a vida noturna paulistana, o trabalho de dez faixas é uma verdadeira coleção de experimentos musicais partilhados com outros produtores da mesma cena. Estão lá parceiros como CESRV, NeguimBeats (Cardeal) e Cybass (Fliperama), além de um time de vocalistas que ocupam parte das faixas espalhadas pelo trabalho. Ainda em um cruzamento de referências, Sants apresenta um disco que vai do R&B ao Future Garage, sem perder uma série de conceitos típicos do Hip-Hop. Lançado em fita cassete, o álbum pode ser apreciado na íntegra pelo bandcamp do próprio selo, ou no player abaixo.

.

Sants – Noite Ilustrada

Compartilhe

  • Facebook
  • Twitter
  • Google Plus
Tagged , , , , , , , , , , ,