. Se o ano de 2012 pudesse ser definido em uma só palavra seria “aquecimento”. Do retorno do R&B à plena aceitação do Hip-Hop, da relação harmoniosa entre o experimental e o pop à busca constante por melodias que soem acessíveis aos mais diversos públicos. Tudo parece fluir como resultado de algo maior, de um cenário que aos poucos toma forma. Talvez ao final de 2013 seja possível ter uma noção mais exata do que vai ser a década de 2010, um período que reviveu…Continue Reading “Os 50 Melhores Discos Internacionais de 2012”