Tanukichan: “Natural” (VÍDEO)


Às vezes, para mim, é mais fácil escrever músicas do que falar sobre as coisas. Muitas coisas na vida são em camadas e paradoxais, mas com a música, parece sempre ser mais simples“. A frase utilizada no texto de apresentação de Sundays (2018, Company Records), álbum de estreia de Tanukichan, diz muito sobre a forma como Hannah Van Loon explora as próprias composições. Versos centrados na completa vulnerabilidade de sua realizadora, sempre inclinada a explorar os próprios sentimentos e conflitos amorosos de forma essencialmente honesta.

Não por acaso, Loon escolheu Lazy Love como faixa de abertura do disco. Enquanto os versos refletem a completa melancolia da cantora – “Você sabe que eu faria qualquer coisa / Você não sabe que eu tento o meu melhor? / Se eu pudesse acordar quando o sol nascer / Amor preguiçoso” –, musicalmente, a canção aponta para o passado, se espalhando em meio a camadas de ruídos e texturas sujas que transportam o ouvinte para o final da década de 1980. Um reciclar de velhas experiências, reflexo da colaboração constante entre a artista de Oakland, Califórnia, e o músico Chaz Bear (Toro Y Moi), produtor do álbum. Leia o texto completo.

Com direção da própria Hannah Van Loon, Natural é o mais novo clipe do projeto Tanukichan. A canção faz parte do ótimo Sundays – 44º colocado em nossa lista com Os 50 Melhores Discos Internacionais de 2018.


Tanukichan – Natural


Leave a Reply

Send this to friend